Aeroporto de Florianópolis recebe mostra Canoas do Garapuvu – As Senhoras da Praia

02 mai 2022

A árvore símbolo de Florianópolis, cujo nome varia entre o científico Schizolobium parahyba e o popular Garapuvu ou Guarapuvu, é a estrela da mais nova exposição da Galeria Floripa Airport, localizada no primeiro andar (área de Check-in) do Aeroporto Internacional de Florianópolis – Hercílio Luz. A mostra Canoas de Garapuvu – As Senhoras da Praia, dos fotógrafos Mara Freire e Ronaldo Andrade, tem abertura oficial neste sábado (30/04), às 17h, e segue até 30 de junho no aeroporto.

A exposição é composta por um conjunto de 20 fotografias emolduradas e conta ainda com a ilustre presença de Glorinha, a mais nova canoa de garapuvu, dona de um simbolismo histórico. A pequena embarcação mede 6m40, foi batizada nas águas do Campeche no último mês de março e é uma réplica da centenária Canoa Glória, do rancho do Seu Getúlio.

Canoas de Garapuvu pretende reafirmar a tradição da pesca artesanal na Ilha de Santa Catarina, por meio de seu símbolo maior que é a canoa de um tronco só e, ao mesmo tempo, ressalta a importância da preservação dos elementos que fazem parte do cotidiano “mané”, entre eles o pé-de-garapuvu e os barcos artesanais da pesca. Desde os primórdios, o garapuvu foi utilizado para fazer as canoas-de-um-pau-só empregadas na pesca da tainha. A árvore pode atingir até 30 metros de altura. Hoje é protegida, com corte proibido.

Os fotógrafos Mara e Ronaldo compõem, desde 2019, o Coletivo Campeche Postal, com publicações referentes não só ao bairro Campeche, como a toda a cidade de Florianópolis. Já foram três calendários publicados, num total de mais de 3000 unidades, produção de cartões postais e diversas exposições.

As 20 fotografias são em tamanhos 40x50cm, 50x70com e 56x28, impressas em fineart, em papel Hahnemühle. A Mostra conta com a parceria do Rancho de Pesca Cultural Manoel Rafael e do IGMI – Instituto Getúlio Manoel Inácio.

Abertura oficial

A abertura oficial da exposição ocorre a partir das 17h, deste sábado (30 de abril), com a presença de Carla Inácio, presidente da ONG Instituto Campeche e filha de Getúlio Manoel Inácio, e de representantes dos 4 ranchos de pesca do Campeche. Os profissionais de Imprensa estão convidados para conferir o lançamento desta importante exposição.