A Floripa Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Florianópolis, estima um crescimento de 4% no número de voos na próxima temporada, considerando as solicitações de voos feitas pelas cias aéreas para o período e em comparação com os pedidos feitos em 2017. A concessionária salienta que todos os dados aqui apresentados são projeções.

Os voos internacionais são os que alavancam os números. Considerando os meses de alta temporada (dezembro, janeiro e fevereiro), a projeção de crescimento de voos internacionais é de 38%. O turista chileno promete ser o grande destaque. Em janeiro, por exemplo, o aeroporto de Florianópolis deverá ter até 3 voos diários para o Chile. No total, projeta-se um aumento de mais de 100% da rota Florianópolis/Santiago. A estimativa é baseada na demanda significativa de pedidos de companhias aéreas chilenas, mas pode sofrer alterações, já que as cias aéreas podem cancelar ou pedir voos extras.

As ampliações de infraestrutura e o novo ritmo de gestão implantados pela Floripa Airport contribuíram para o incremento do movimento da temporada:

  • O pátio do aeroporto de Florianópolis agora tem 10 posições em uso para o estacionamento de aeronaves. Até o ano passado, eram utilizadas apenas 7.
  • A ampliação em 50% da capacidade da área de embarque, com a inauguração de uma sala de espera e do business lounge, também contribuíram para aumentar a capacidade de processamento de passageiros do aeroporto.
  • A capacidade de processamento de voos internacionais irá dobrar na próxima temporada, graças à parceria com a Polícia Federal e com o aumento da área de raio x feita pela Floripa Airport.
  • A Floripa Airport mantém uma equipe de Airline Marketing focada exclusivamente no contato direto com cias aéreas, com visitas a feiras e eventos nacionais e internacionais de turismo, e no desenvolvimento de estudos de tráfego aéreo e de demanda para Florianópolis e Santa Catarina.


Já em relação aos voos domésticos, a Floripa Airport estima um crescimento de 10% na oferta de assentos em relação à temporada anterior, mesmo mantendo o mesmo número de pousos e decolagens. Isso porque as cias aéreas vão operar com aeronaves maiores. 

Em relação à Argentina, até este momento, observa-se um decréscimo de 8% no número de voos para a alta temporada, entretanto nem todas as cias aéreas que operam para o país já fizeram suas solicitações. E, mesmo com a queda, os argentinos seguem na liderança no volume de passageiros em Florianópolis, representando 67% do total de voos internacionais. Em janeiro, estima-se 9 voos diários para o país.

Entenda os números

  • Compreende-se por temporada o período de 28 de outubro de 2018 a 30 de março de 2019; compreende-se por alta temporada o período de dezembro, janeiro e fevereiro.
  • O período da temporada é definido pela Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA) e adotada por todos os aeroportos e cias aéreas no mundo.
  • A projeção é feita com base nas solicitações de voos feitas pelas cias aéreas e aprovadas junto a Anac.
  • Os números podem sofrer alterações, porque as cias aéreas podem cancelar voos ou solicitar voos a mais de acordo com a demanda.


A Floripa Airport faz parte do grupo suíço Zurich Airport e assumiu a administração do Aeroporto Internacional de Florianópolis em 3 de janeiro de 2018. A empresa tem a concessão do aeroporto pelos próximos 30 anos e está construindo um novo e moderno terminal de passageiros, com investimento de R$ 550 milhões, e que será inaugurado no segundo semestre de 2019.
 

Leia também:
Floripa Airport constrói novo terminal de passageiros no Aeroporto de Florianópolis
Floripa Airport participa da Feira Internacional de Turismo, em Buenos Aires